Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

5 de set de 2013

Rumi - 5 de setembro de 2013


Eu sou Rumi, Melquisedeque do Ar.
Amados filhos e filhas em encarnação, abençoados filhos do Um, hoje, sou um a mais entre vocês, em representação da Assembleia dos Melquisedeques.

Hoje, eu me aproximo para falar-lhes da morte, a morte do efêmero, a morte que é nascimento.
Todo nascimento traz, implícita, uma morte, e toda morte porta, implícito, um nascimento.
Nesta etapa de transição, um velho modelo chega à sua decadência até a morte, esse é o velho sistema do medo, da limitação, da rigidez, da resistência.
Essa morte traz um nascimento.
Um nascimento que lhes dá o que é Eterno: morte e nascimento, permanentemente.

As etapas que vocês têm vivido, com a preparação para chegar a viver o momento de sua translação dimensional, levaram-nos ao momento de colocar os pés sobre a terra, de ajoelhar-se à terra e entregar toda limitação, todo condicionamento, abandonar, deixar morrer a personalidade como ferramenta egoica, ou seja, que impede a livre circulação da Luz em vocês.
Toda essa personalidade da sombra está, agora, enfrentando a própria morte.

Isso se pode viver, certamente, de muitas maneiras.
Como sempre, e como todas as consciências que se expressaram durante esses anos disseram, o mais simples é abandonar-se à Luz, entregar à Luz sua Essência.

Hoje eu lhes aporto a vibração do Ar, do triângulo elementar do Ar.
Lado em que se situa, também, seu Canal Mariano, o canal de contato com os seres Unificados.
Novas manifestações podem aparecer ao nível de seu ouvido esquerdo ou direito, o que indica uma descompressão, uma liberação, um alívio de suas camadas sonoras que são queimadas, agora mesmo, pelo Fogo do Espírito que queima em seu Coração, que incendeia e abre os sete selos.
Isso implica uma perda de densidade em seu imediato.
Então, deixem passar esses fenômenos de seu Antakarana, que se manifestam através da amplificação da nota Si, que chega, talvez, a uma total invasão de sua percepção auditiva e, também, por uma espécie de tremores que manifestam a descompressão ao nível de seu ouvido.

O Fogo vem queimar, e isso é necessário nessa intensificação da percepção da Luz Vibral.
Ao nível da atmosfera que manifesta a chegada e os sinais abundantes do Arcanjo Miguel, que chega, também, ao seu Corpo de Luz que se acende dentro de seu Coração, que ressuscita seu Corpo Etéreo de Fogo, aqui mesmo, que se sobrepõe ao seu corpo físico.

Não esperem que os sinais sejam muito evidentes e potentes para situarem-se dentro de si.
Aproveitem seus pequenos atos quotidianos, se é assim para sua vida, ou, entretanto, se já estão passando pelas limpezas ao nível da Mãe Terra.
Não esperem qualquer sinal, qualquer momento a vir, qualquer situação de contexto melhor, pois, agora mesmo, seu Fogo e sua Eternidade estão dentro de si, aqui e agora.
Cabe a vocês deixar morrer o efêmero para vibrar e queimar, agora mesmo, no Fogo da Verdade.
Comunguemos com o Fogo que se intensifica na Dança dos Elementos.

... Efusão da Dança dos Elementos...

Tornem-se fluidos e frescos como a Água, para atravessar este período, para fazer ágeis seus sentimentos.
Quando melhor aprenderem a surfar essa Onda, Onda de Luz, Onda de manifestações, resoluções, reunificações ao nível de sua vida, culminações, deixem-se levar, não voltem à rigidez, deixem seu corpo dançar.

Eu sou Rumi, que lhes aporta a partir do Ar a Dança dos Elementos.
Como nosso Comandante (O.M. Aïvanhov) anunciou que tudo estava consumado, agora podemos dizer que tudo está a ponto de manifestar-se.
Tudo está em seu momento de refinação adequado, que situa a cada um em seu bom lugar, tanto dentro como fora.

Chega o momento da Eternidade, o momento da não existência, do Ser.
Momento em que o Fogo da Alegria e o Fogo da Verdade ressuscitam novamente.

O Absoluto, mais do que nunca, não é seu objetivo, mas a sua Essência.
A partir do estado que não pode ser mencionado, abracem toda existência, toda manifestação.
Unificando unifica a morte e o nascimento em constante manifestação, ambos ao mesmo tempo, fazem surgir a faísca da Vida Eterna.

Assim, os Melquisedeques convocam-nos ao final de setembro, para uma próxima intervenção, na qual se marcará o final de uma dessas pequenas portas, cada vez mais próximas entre elas, no sentido linear.
Assim, portanto, o conjunto dos Anciões está, mais do que nunca, em vocês, a cada instante acompanhando, consciente ou inconscientemente, os seus passos nesse vazio, nesse mar essencial do Absoluto.

Toda a Paz e toda a misericórdia do Pai, da Fonte estejam com vocês.

-------------
Transmitido por Sijah Sirius, do Coletivo dos Filhos da Lei do Um.

(versão eletrônica do Catalão, adaptada ao contexto)

3 comentários:

  1. Nesta etapa de transição, um velho modelo chega à sua decadência até a morte, esse é o velho sistema do medo, da limitação, da rigidez, da resistência. Essa morte traz um nascimento. Um nascimento que lhes dá o que é Eterno: morte e nascimento, permanentemente.

    As etapas que vocês têm vivido, com a preparação para chegar a viver o momento de sua translação dimensional, levaram-nos ao momento de colocar os pés sobre a terra, de ajoelhar-se à terra e entregar toda limitação, todo condicionamento, abandonar, deixar morrer a personalidade como ferramenta egoica, ou seja, que impede a livre circulação da Luz em vocês. Toda essa personalidade da sombra está, agora, enfrentando a própria morte.

    Cabe a vocês deixar morrer o efêmero para vibrar e queimar, agora mesmo, no Fogo da Verdade.

    O Absoluto, mais do que nunca, não é seu objetivo, mas a sua Essência. A partir do estado que não pode ser mencionado, abracem toda existência, toda manifestação.

    ResponderExcluir
  2. "Nessa intensificação da percepção da Luz Vibral...
    Como nosso Comandante (O.M.Aivanhov) anunciou
    que tudo estava consumado,
    agora podemos dizer que tudo está a ponto de manifestar-se.

    "Momento em que o Fogo da Alegria
    e o Fogo da Verdade Ressuscitam novamente.

    "Chega o momento da Eternidade,
    o momento da não existência,
    do SER.

    "O Absoluto, mais do que nunca, não é seu objetivo,
    mas a sua ESSÊNCIA.

    "Comunguemos com o Fogo que se intensifica
    na Dança dos Elementos.

    "A partir do estado que não pode ser Mencionado,
    Abracem toda existência, toda manifestação."

    ResponderExcluir
  3. Mensagem Melodia... A medida que vamos lendo, alguns termos, caem sonoros, harmoniosos, alegres, receptivos dentro de nós, como que integrando, todo o conteúdo sem a menor resistência.

    Ressaltando alguns termos:

    "Todo nascimento traz, implícita, uma morte ...
    ... Morte e nascimento, permanentemente.
    ...O mais simples é abandonar-se à Luz, entregar à Luz sua Essência.
    Toda essa personalidade da sombra está, agora, enfrentando a própria morte.
    Não esperem que os sinais sejam muito evidentes e potentes para situarem-se dentro de si.
    Cabe a vocês deixar morrer o efêmero para vibrar e queimar, agora mesmo, no Fogo da Verdade.
    O Absoluto, mais do que nunca, não é seu objetivo, mas a sua Essência."

    Cada vez mais receptivos, para este "Mar de Graças"...

    ResponderExcluir