Seguidores

SE VOCÊ COMPARTILHAR ALGUMA MENSAGEM DESTE BLOG, FAVOR REPRODUZI-LA EM SUA INTEGRALIDADE, CITANDO A FONTE OU INDICANDO O LINK DA MESMA.

31 de mar de 2012

URIEL – 31 de março de 2012

Mensagem publicada em 01 de abril, pelo site Autres Dimensions.


Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Bem amados, Doação da Graça.
Inscritos na eterna Presença do Amor, na eterna Presença de sua Verdade, para além de todos os sentidos, vocês são a Essência.
Para além, mesmo, do que vocês podem supor, vocês são imensos.
Para além de tudo e de vocês mesmos, bem amados, eu venho fazê-los escutar o Som e o Canto da Dança eterna de sua própria Verdade, de nossa própria e Final intimidade.

Então, eu os convido, neste espaço, como em todo espaço (tanto o seu como qualquer outro), a ser, neste instante, o instante infinito de sua Presença, o instante eterno para além de toda Presença.
Suporte dos mundos, vocês o são.
Ancoragem dos mundos, em todo mundo, vocês o são.
Além de todo limite ressoa e vibra o som da Verdade.
Ressoa e canta a Onda de Vida UNA, flui e escoa através de toda forma, dentro de toda forma, como fora de toda forma.

Vocês são o sem forma.
Vocês são a Verdade.
Vocês são a Beleza e a Eternidade, na estrada para algo que jamais cessou de ser.
Partida e chegada, inscritas sem distância e sem tempo, além de qualquer sentença, além de qualquer estrofe.

Vocês são a Verdade: aquela que, para sempre, canta o tempo além do tempo.
Vocês são o tempo presente, além de toda Presença.
Vocês são Absoluto.
Vocês São, absolutamente, tanto aqui como alhures.

Vocês são o Canto.
Vocês são a Dança: aquela da Beleza eterna de sua própria Verdade.
Revelação que os tira de todo sonho e de toda Ilusão, que lhes dá a Viver.
Viver além de qualquer limite.
Viver além de qualquer forma.
Viver a Vida Una e eterna, em sua indizível beleza, em sua indizível estrofe e declamação.

Vocês são aquele que se aclama a si mesmo, revelando sua própria Presença, sua própria Eternidade.
Vocês são a Onda.
Onda de Vida, Onda de Verdade, além de toda onda, além de todo movimento.
Vocês são a Eternidade, imóvel e movimento, além de todo movimento.
Vocês são a Imensidade.

Então, nos tempos que estão além de seu tempo, nos tempos que estão além de todo Canto, no espaço do Silêncio como no espaço da Onda, como no espaço de todo tempo, nós somos convidados ao Banquete da Graça.
Espaço de União e de Liberdade, no qual vibram e vivem todas as presenças, todas as formas (mesmo além da forma).

Vocês são a eterna Eternidade.
Vocês são o eterno Canto e Ronda da Vida, além de toda forma.
Sejam na forma.
Sejam verdadeiros da Verdade Una, aquela que inunda e transcende toda Ilusão.
Não há derrota.
Não há vitória.
Há apenas o Ser além de todo ser.
Vocês o São, de toda a Eternidade.

Então, Doação da Graça.
Abram o que não pôde ser fechado e fechem o que, jamais, pôde fechá-los.
Esqueçam-se de tudo o que é o esquecimento de sua própria Eternidade.
Vivam o tempo de quem vocês São.
Vivam o tempo do Absoluto, do indizível Amor que vem (porque jamais partiu), que chega, enfim, nos tempos sem fim de seu indizível Amor.

Vocês são a Verdade.
Vocês são Beleza, além de toda forma, além de todo pensamento, além de todo fragmento.
Nós somos todos Um.
Nós somos todos a mesma Essência, a mesma Dança, o mesmo movimento, sem movimento, a mesma imobilidade.
Nas profundezas, como no mais profundo de cada Universo, de cada estrela e de cada planeta, que não está inscrito em qualquer outro lugar além de sua forma, além de toda forma.
Aí onde vocês estão, nós nos temos.
Aí onde vocês vão, vocês já foram.
Aí onde vocês partem, vocês jamais partiram.

Amados do Um, amados do Amor.
Amores amados, na mesma estrofe, na mesma Onda, vivamos o tempo de nossa União, o tempo de nossa Liberdade, o tempo de nossa partilha, para além de qualquer idade, de qualquer tempo e de qualquer espaço.
Bênçãos eternas e infinitas que se escoam pela Fonte de Cristal e que sobem desde o mais profundo.

Vocês são a Eternidade, além de qualquer sentido.
Não existe qualquer direção que possa ser privada de sua Essência, de sua magnificência.
O tempo é para isso.
Ele jamais cessou.
Ele jamais parou, nem mesmo, jamais, começou.

Vocês são a Verdade absoluta do Amor indizível.
Vocês são tudo isso.
Vocês são o Ser Absoluto.
Vocês são a Eternidade, e isso é de todos os tempos.
E isso é, em toda forma.
Porque vocês não são nem forma, nem tempo.
Vocês são o informe: aquele que preenche toda forma.
Vocês são a Onda de Vida que dá vida e vivifica, que rende graças à sua própria magnificência.

Vocês são o que nós somos.
Vocês são nosso futuro, porque vocês não têm passado.
Nós somos seu passado, porque vocês não têm futuro.
Porque tudo está aí, no instante.
Aí, onde Vibra o Coração, o Templo Interior, aí onde vocês estão, há apenas vocês.
Aí onde está o outro, há apenas vocês.
Aí onde está o outro, há apenas vocês, na mesma Vibração, na mesma potência, na mesma Liberdade.

Vocês são Um, porque nós somos, todos, Um, absolutamente.
Não pode existir outra coisa além do Final.
Final sem fim e sem início, presente em toda Eternidade, em sua forma presente e passada, como aquela a vir (sem forma ou com forma).
Vocês são Beleza.

Então, no tempo de nossa União, nesse partilhar da Doação, nessa Doação da Graça, doemos.
Doemo-nos à Comunhão.
Doemo-nos ao Amor.
Porque essa é única Verdade, única declamação, única Unidade.

Tudo chegou.
Tudo está consumado.
Há, apenas, a ser isso: Verdade e Beleza.
Deixem o Sopro, deixem o Verbo fecundar a Verdade, abolindo as distâncias, abolindo o sofrimento.
Vocês são a estrofe da felicidade: aquela que não conhece qualquer descanso, qualquer fim e qualquer início, abrasando a mesma Verdade, abrasando-os no Fogo e na Água primordial e eterna.
Vocês estão além de qualquer divisão.
Vocês são a totalidade dos mundos.
Vocês são a totalidade da Verdade.
Isso, eu lhes digo, porque eu sou vocês.
Porque eu estou em vocês, como vocês estão em mim.
Mesma Dança.
Mesmo Êxtase.
Mesma Alegria, além de toda alegria.

Espaço infinito, no qual tudo é Vida, no qual nenhuma experiência pode fechá-los no que vocês creem, no que pensam.
Vocês são a Vida, além de toda vida.
Vocês são a forma, além de toda forma.
Vocês são a Eternidade.
Vocês são o Eterno.
Isso é Imensidade.
Isso é Transparência.
Vocês são o vaso.
Vocês são a taça que, jamais, pode ser preenchida e que, jamais, esvazia-se.
Vocês são o que há na taça e no caso.
Vocês são o conjunto.
Vocês são a parte.
Removam toda dúvida.
Removam toda Ilusão.
Retirem o efêmero.
Retirem o espinho do sofrimento, porque ele tem existência apenas em suas crenças.

Então, a Onda da Graça, que se eleva em vocês, vem celebrar a Núpcia Mística, pelo Anel sagrado da Liberdade, que lhes dá a viver, além de toda experiência, a Eternidade.
O quadro não existe mais.
O limite não existe mais.
Apenas há a Essência.
Apenas há a transcendência.
Apenas há a Beleza e a Luz.
Aquela que jamais põe fim à sua própria Glória.
Aquela que jamais se apaga.
Aquela que jamais varia.
Aquela que jamais pode fazer duvidar do que quer que seja.

Doação da Graça, além de minhas palavras, além de suas palavras, além de todo sentido, além de toda direção.
Tudo está inscrito nesse tempo.
Tudo está inscrito nesse partilhar.
Tudo está presente além de sua Presença.
Tudo é Onda.
Tudo é Vida.
De uma única voz, porque há apenas uma voz, porque há apenas uma Verdade: a Verdade Absoluta.
Transcendência e Beleza, que abre cada célula, cada parcela.
Vocês são a Consciência eterna estabelecida além da Consciência.

Vocês são a eterna Beleza, além mesmo da Eternidade, porque vocês são infinitos.
Vocês são Doação da Graça.
Vocês são Amor: o Amor que está bem além de todo parecer, bem além de toda forma.
Nenhum vaso (e nenhuma taça) pode ser bastante grande para conter a imensidade de seu Amor, a imensidade de quem vocês São.

Então, juntos, aqui e em outros lugares, nesse tempo como em outros tempos, há apenas uma Vida.
Há apenas um espaço.
Esse tempo e esse espaço que, aqui (de sua visão), parece-lhes tão limitado.
E, no entanto, nada de tudo isso pode ser verdadeiro.
O que é verdadeiro é sua Eternidade.
O que é verdadeiro é o Canto da Onda: aquele que os revela à sua Verdade, que os põe na Vida, que lhes põe a Vida.

Doação da Graça (além de minha Presença, além de sua Presença).
Vocês retornam à Essência que vocês jamais deixaram.
Filhos do UM, criados na Doação da Graça, pela graça de sua Presença, aqui, imediatamente, além de todo tempo.

Nós somos a Dança da Eternidade.
Nós somos a Dança da Unidade.
Nós somos a Dança do Absoluto Presente.
Nós somos o Último.
Nós somos Um, porque tudo é Um.
Nós somos Um, além de todo sofrimento e de toda alegria.
Nós somos a Eternidade.
Nós somos vocês.
Vocês são nós.
Vocês são cada um de vocês, porque não existe, entre vocês, qualquer possibilidade para outra coisa que não o Amor, para outra coisa que não a Verdade.

Amados do Amor, Amores do Amado, Vibrem.
Além de todo sentido, vocês são a infinita Presença.
Vocês são a Infinita Beleza.
Vocês são a Verdade.
E isso, ninguém pode negar.
Ninguém pode opor-se.
Nós somos o Amor: a única força e a única potência que permite à Eternidade manifestar-se.
Nada mais pode existir além da Indizível Beleza desse Amor que é Doação, que é Graça, que é nossa natureza, nossa Essência.

Amados do Amor, a Luz Branca vem.
Ela recobre todos os semblantes de ilusões, todos os semblantes ilusórios, vindo aportar o Caminho, a Verdade e a vida.
No tempo de nossa Presença, no tempo de nossa graça, no tempo de nossa Unidade, nós vivemos a Eternidade.
Isso está aí.
Isso está aqui, bem além do tempo, bem além de tudo.

Doação da Graça que se eleva e que sobe, que desce e impregna-se.
Nós somos Um.
Nós somos Amor, além de toda definição, além de toda apropriação, porque nós somos, juntos, Doação da Graça e a restituição, na Doação absoluta da Graça, na Doação absoluta de nossa Presença.
O Caminho, a Verdade e a Vida escoam através de nós e através de cada um de nós.
Nós somos UM.
Nós somos Eternidade.
Nós somos Verdade.

Tudo é Belo, porque tudo é Um.
Não existe qualquer falha que possa escapar (ou escapar-se) da Verdade do Amor, da Verdade da Beleza.
Nada existe que seja efêmero.
Existe apenas o que é eterno: a Liberdade, a Beleza.

Vocês são o que nós somos: o Ilimitado, o sem limite, o sem forma.
Vocês são isso.
Apenas a escutar.
Apenas a Ser.
Vocês são transcendidos pela Doação da Graça de sua Presença (dada a ela mesma), além de todo papel, além de toda idade.
Isso é agora, porque isso É.
Isso é imediatamente, porque nada há a seguir.
Porque isso é o Final.
Porque isso é Absoluto.

Filhos do Amor, nós somos Amor.
Nós somos Pureza, na qual nada pode vir alterar o que é Branco, o que é nossa Essência.
Então, juntos, sem distância entre alto e baixo, no meio de nosso Ser, escoa-se o Canto da Vida, a Doação da Vida: aquela que, para sempre, põe-nos na Alegria, além de toda alegria.
Aquela que faz sorrir a Vida à sua Eternidade.
Aquela que faz rir de um brilho para sempre renovado: a Vida.

Nós somos o que nós somos.
Eu sou o que eu sou.
O que vocês são é minha natureza.
O que eu sou é sua Essência.
Na mesma Dança, no mesmo Absoluto, na Doação da Graça e isso, em toda Liberdade.
Nenhum limite pode afetar, nenhum limite pode alterar a Beleza e a Verdade.
Imersos na Graça, nada mais pode aparecer que não a própria Graça.
Imersos no Amor, nada mais pode parecer, nada mais pode existir, porque tudo se tem na Eternidade de sua Presença, na Doação da Graça.

Nós somos Um, na mesma Verdade.
Nós somos Um, na mesma Onda.
Nós somos Um, em cada um.
Nós somos Um, em cada uma, em cada um de seus passos, em cada um de seus sopros, em cada uma de nossas vozes (caminhos).
Nós somos o mundo, além de todo mundo.
Nós somos a Eternidade, além de todo dizer, além de toda palavra.
Nós somos o Silêncio.
Nós somos a Verdade.
Então, encantemos nossos dias e nossas noites.
Encantemos nossos Sopros dessa mesma Graça, dessa mesma evidência, que pede apenas para ser sua Alegria, sua Doação da Graça, sua Eternidade e sua Beleza.

Amados do Um, Filhos do Amor, Filhos da Graça, a Graça cobre-nos de seu Manto.
Então, eleva-se o Canto do Êxtase: aquele que trabalha nos ateliês da Criação, nos ateliês da Vida na qual estamos, todos, na mesma Unidade, no mesmo Absoluto.
Vivamos a Vida.
Vivamos o Amor.
Vivamos o que nós somos, nesse instante (no qual minhas palavras calam-se e acalmam-se), a fim de que seu Coração e o conjunto dessa forma abrasam-se na Doação da Graça, na Doação do Amor, na Doação de sua Presença e de nossa Eternidade.

Então, eu sou URIEL e eu lhes digo isso.
Então, eu sou URIEL e eu lhes digo: «vocês são isso».
Juntos, no Banquete de nossas Núpcias, no Banquete de nossa vida (a celebração eterna de quem nós somos), façamos e trabalhemos o Silêncio.
Façamos e trabalhemos o Amor Eternidade.
Doação da Graça.
Doação de Eternidade.
Doação de Beleza.
Isso é.
Deixemos elevar-se o estandarte da Graça.
Deixemos levantar-se o Canto eterno de nossos Reencontros.
Deixemos viver a Vida.

Escutem e ouçam o Apelo da Eternidade, o Apelo do Êxtase.
Comunhão e Ação de Graça.
Aí.
Imediatamente.
Aqui e Agora, como por toda a parte em outros lugares.

... Partilhar da Doação da Graça...

A Vida canta sua própria Eternidade.

... Partilhar da Doação da Graça...

Removam-se de si mesmos.
Removam-se do que obstrui.
Porque a graça não pode ser obstruída nem freada.

... Partilhar da Doação da Graça...

Recolhamo-nos.
Acolhamo-nos na Doação da Graça.

... Partilhar da Doação da Graça...

Eu sou URIEL.
Permaneçam em silêncio, até o Alinhamento, a fim de que a Onda da Graça venha ali misturar-se: para vocês, para nós.
Todos Um.
Todos Unidos e todos juntos na Liberdade infinita da Verdade.

... Partilhar da Doação da Graça...

O Despertar da Fênix é sua Ressurreição.
O Vôo da Fênix é sua Liberação.

... Partilhar da Doação da Graça...

Eu sou URIEL e eu volto em vocês, como vocês voltam em mim.
Acolhamo-nos uns aos outros.

... Partilhar da Doação da Graça...

Até já.

... Partilhar da Doação da Graça...
_______________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: http://www.autresdimensions.com/.

3 comentários:

  1. BOM DIA CÉLIA!
    OBRIGADA!!!!
    clarice

    ResponderExcluir
  2. "Vocês são aqueles que se aclama a si mesmo, Revelando sua própria Presença sua própria Eternidade.
    Vocês são a Onda. Onda de Vida, Onda de Verdade.
    "Vocês são o que nós somos: o Ilimitado, o sem limite, o sem forma. Vocês são isso. ...Vocês são Absoluto.
    "Vivamos o tempo de quem vocês São. Vivamos o tempo do Absoluto, ...que chega enfim, nos tempos sem fim de seu Indizível Amor.
    "Vivamos o tempo de nossa União, o tempo de nossa Liberdade, o tempo de nossa Partilha. ...Então, no tempo de nossa União, nesse partilhar da Doação, nessa Doação da Graça, Doemos. Doemo-nos à Comunhão. Doemo-nos ao Amor. Porque essa é única Verdade, única declamação, única Unidade.
    "Bençãos eternas e infinitas que se escoam pela Fonte de Cristal e que sobem desde o mais profundo.
    "Então, a Onda da Graça, que se eleva em vocês, vem Celebrar a Nupcia Mística, pelo Anel sagrado da Liberdade, que lhes dá a viver, além de toda experiência, a Eternidade.
    "Nós somos convidados ao Banquete da Graça.
    "Juntos, no Banquete de nossas Núpcias, no Banquete de nossa vida ( a celebração eterna de quem nós somos ), façamos e trabalhemos o Amor Eternidade. Doação da Graça. Doação de Eternidade. Doação de Beleza.
    Deixemos elevar-se o estandarte da Graça. Deixemos levantar-se o Canto eterno de nossos Reencontros. Deixemos viver a Vida.
    "Escutem e ouçam o Apelo da Eternidade, o Apelo de Êxtase.
    "Todos Um. Todos Unidos e todos juntos na Liberdade Infinita da Verdade."

    "A Vida canta sua própria Eternidade.
    O Despertar da Fênix é sua Ressurreição.
    O Voo da Fênix é sua Liberação."

    "Vocês retornam à Essência
    que vocês jamais deixaram."

    Rendo Graças.

    ResponderExcluir
  3. Removam-se de si mesmos. Removam-se do que obstrui. Porque a graça não pode ser obstruída nem freada.

    ResponderExcluir